quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Ponte da Arrábida

Projetada pelo conceituado engenheiro Edgar Cardoso, a Ponte da Arrábida, no Porto, foi construída entre 1956 e 1963 pela firma José Zagallo.

Esta construção estabeleceu o recorde do mundo para os maiores arcos gémeos de betão armado com 270m de corda teórica e 52m de flecha.

Ponte da Arrábida
Ponte da Arrábida
A ponte tem um comprimento de 495m e uma largura total da plataforma de 26,5m.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Igreja do Corpo de Santo de Massarelos

A atual Igreja Paroquial de Massarelos foi construida a partir de 1776, para substituir a velha e arruinada Ermida da Confraria das Almas do Corpo Santo de Massarelos. Esta fora fundada por mareantes, por volta de 1394 e, segundo a tradição, o Infante D Henrique foi seu confrade. 

Igreja do Corpo de Santo de Massarelos
Igreja do Corpo de Santo de Massarelos

A ela pertencia uma frota de navios, alguns dos quais foram requisitados pelo Rei D Filipe I, para a sua Invencível Armada. Em 1960 foi colocado o painel de azulejos, de Mendes da Silva, que representa S. Telmo e o Infante D Henrique.

Igreja do Corpo de Santo de Massarelos
Igreja do Corpo de Santo de Massarelos

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Postigo do Carvão (en)

From the 18 doors and hatches built in the wall in the XIVth century, this is the only one that's been kept until our days.

Postigo do Carvão
Postigo do Carvão

This hatch had a gothic inscription from 1386 and it was used to connect the "Fonte Taurina"street to harbour pier.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Postigo do Carvão

Das 18 portas e postigos da Muralha Fernandina, construída no século XIV, este postigo é o único que se mantém até aos dias de hoje.

Postigo do Carvão
Postigo do Carvão
Nele se encontrava uma inscrição gótica da era de 1386. Através deste postigo era feita a ligação da Rua da Fonte Taurina ao cais.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

domingo, 22 de setembro de 2013

Fonte da Rua das Taipas

Construído em 1772, pelos moradores do Postigo das Virtudes, foi substituído pelo atual nos fins do século XVIII, com elementos neoclássicos.

Fonte da Rua das Taipas
Fonte da Rua das Taipas

Era alimentado pelo manancial de água de Paranhos, servido através da Arca do Anjo, por um aqueduto que abastecia a zona do Olival-Cordoaria.

sábado, 21 de setembro de 2013

Fonte da Colher

Esta fonte é considerada uma das mais antigas da cidade, encontrando-se frente à Alfândega, numa pedra quase imperceptível e data de 1629.

Fonte da Colher
Fonte da Colher


 Devido às obras de construção da Nova Alfândega (http://pt.wikipedia.org/wiki/Alfandega_Nova) em 1871, ficou quase escondida num plano inferior à rua.

Fonte da Colher
Fonte da Colher

É composta por uma só bica, colocada num painel de granito ladeada por duas pilastras, sendo outrora a sua água considerada como uma das melhores da cidade. Sofreu obras de restauro em 1940.

Fonte da Colher (en)

The fountain is considered one of the most ancient ones in the city.

Fonte da Colher
Fonte da Colher


In a stone, almost unperceivable, you may see the date of 1629. Composed by only one spout placed in a granite panel.

Fonte da Colher
Fonte da Colher

It has been repaired in 1940.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Capela de Nossa Senhora do Ó

The "Senhora do Cais" chapel was built in the XVIIth  century next to the old city harbour. Inthe XIXth century its name was changed to "Senhora do Ó" chapel, when the statue of the Virgin Mary taken from the demolished chapel in the Ribeira Square was re-erected in it.

Capela de Nossa Senhora do Ó
Capela de Nossa Senhora do Ó

During the civil war (1832-33) it underwent some changes.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Capela de Nossa Senhora do Ó

Antiga Capela de Nossa Senhora da Piedade ou do Cais, deve o seu nome ao facto de ter sido transferida para o Largo do Terreiro, na Ribeira a imagem da Senhora do Ó, proveniente da capela da Porta da Ribeira, demolida em 1821.

Capela de Nossa Senhora do Ó
Capela de Nossa Senhora do Ó

O edifício data do século XVII, tendo sido remodelado no século XIX após a destruição ocorrida durante as lutas liberais. No interior, destaca-se um retábulo em talha de inícios do século XVIII, de autoria de João da Costa.


terça-feira, 17 de setembro de 2013

Vista de Miragaia

Vista de Miragaia
Vista de Miragaia


A freguesia de Miragaia integra o primitivo núcleo da cidade do Porto e juntamente com a freguesia da Sé - a primeira a ser constituída -, correspondem à cidade medieval delimitada, no século XIV, pelas Muralhas Fernandinas.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Ponte de D. Luís (Porto)



Ponte de D. Luís (Porto)
Ponte de DLuís (Porto)

Ponte Luís I ou Luiz I, popularmente também chamada Ponte D. Luís, é uma ponte em estrutura metálica com dois tabuleiros, construída entre os anos 1881 e 1888, ligando as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia (margem norte e sul, respectivamente) separadas pelo rio Douro, em Portugal.

fonte:

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Torre e Palácio dos Terenas

Torre e Palácio dos Terenas
Torre dos Terenas

Conhecida por Torre de Pedro Sem (a quem pertenceu) ou por Torre da Marca (pela proximidade do padrão marítimo de 1542), a Torre data de meados do século XV.
O Palácio é dos fins do século XVII e foi construído pela família Brandão de Mello, herdeiros de Pedro Sem.

Palácio dos Terenas
Palácio dos Terenas


Deste, passou sucessivamente aos Marqueses de Terena e aos Marqueses de Monfalim, que o venderam à Diocese.

Palácio dos Terenas
Palácio dos Terenas


Aqui estiveram instalados os Bispos, enquanto o Paço Episcopal esteve ocupado pela Câmara Municipal do Porto. 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Mercado do Bom Sucesso

Construído na década de 60, já foi o mercado mais moderno e organizado da cidade.

Mercado do Bom Sucesso
Mercado do Bom Sucesso

Agora, a atmosfera entre passado e presente adquire uma nova roupagem. Moderna, atrevida, sensual.
Os novos espaços dão o toque sensorial e cosmopolita, bem patente em lugares de magia, transversais a outras cidades com história e personalidade.

sábado, 31 de agosto de 2013

Azulejos na Estação de São Bento no Porto

Jorge Colaço pintou azulejos em 1915, na fábrica de Sacavém, para o átrio da Estação de S. Bento, no que é o seu trabalho mais importante para a cidade do Porto.

Relata episódios da historia de Portugal como a Entrada de D Joao I no Porto para o seu casamento com D Filipa de Lencastre, a Tomada de Ceuta, o Torneio dos Arcos de Valdevez e Egas Moniz apresentando-se com a mulher e os filhos ao rei de Leão, representam-se em composições de cuidada pintura a azul, de ambos os lados de quem acede ao recinto pela entrada principal. 


O Infante D. Henrique na conquista de Ceuta
O Infante D. Henrique na conquista de Ceuta (séc XV)


Egas Moniz apresentando-se com a mulher e filhos ao rei de Leão (séc XII)
Egas Moniz apresentando-se com a mulher e filhos ao rei de Leão (séc XII)



Dispostas duas a duas, as cenas de maior dimensão estão colocadas num plano superior às outras e acompanham toda a parede, adaptando-se à arquitetuta dos arcos das portas. Já as menores surgem entre essas, emolduradas pelas cantarias, lembrando como a azulejaria do pintor Jorge Colaço tem afinidades com a pintura a óleo que também cultivou.





Pintados também a azul são os painéis situados na parede onde ficam as portas de acesso às plataformas cujas representações remetem para temas etnográficos.




quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Nobre Douro - Pousada de Portugal no Porto

O Palácio do Freixo é monumento nacional há mais de 100 anos.

interior da Pousada de Portugal
interior da Pousada de Portugal
O Palácio do Freixo está convertido na maior Pousada de Portugal. 

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Carrilhão da Torre dos Clérigos

O carrilhão é um instrumento de torre que compreende uma série de pelo menos 23 sinos, em que o músico pode executar composições musicais a partir de um teclado, construído especialmente para o efeito, que faz mover mecanicamente os badalos contra a boca do sino.

Carrilhão da Torre dos Clérigos
Carrilhão da Torre dos Clérigos


O carrilhão da Torre dos Clérigos foi fundido na Holanda e tem 49 sinos e pesa cerca de dez toneladas.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Tour pela cidade do Porto

A cidade do Porto é a segunda maior cidade de Portugal. A história do Porto remonta ao século 4, para a ocupação romana da Península Ibérica, as ruínas celtas foram descobertas em diversas áreas. 

O encanto e carácter dos seus bairros antigos cheios de cafés - peça um cimbalino - e centros comerciais é acompanhada pela área de Catedral, perfeita para explorar. 

A Ribeira e a Ponte D Luis (ou Ponte Luis I ou Ponte D Luiz), são dois pontos para começar a explorar a cidade.

Ponte D Luis
Ponte D Luis
O centro da cidade, no bairro da Baixa com largas avenidas ladeadas por bancos e cafés ao ar livre, não esquecendo o Mercado do Bolhão, o mercado com produtos diários, como peixe, pão, frutas, legumes entre outros, coberto por duas camadas.

Veja também

Igreja dos Clérigos
(http://photoblog-favoritus.blogspot.pt/2013/07/igreja-dos-clerigos.html)

sábado, 13 de julho de 2013

Igreja dos Clérigos

Igreja dos Clérigos

Esta igreja, de estilo barroco e de original planta oval, foi a primeira a ser erguida na cidade, entre 1732 e 1750.
No seu interior o destaque vai para o retábulo da capela-mor, desenhado por Manuel dos Santos Porto em estilo rococó, composto por mármores de quatro cores.

Veja também
Torre dos Clérigos
(http://photoblog-favoritus.blogspot.pt/2011/09/torre-dos-clerigos-considerado-por.html)

tela BARCOS RABELOS por João Pires
(http://favoritus.blogspot.pt/2013/07/tela-barcos-rabelos-por-joao-pires.html)